banho

título: banho
data de publicação: 05/10/2020
quadro: picolé de limão
hashtag: #banho
personagens: márcio, pâmela e jonas

TRANSCRIÇÃO

[vinheta] Picolé de limão, o refresco ácido do seu dia. [vinheta] 

Déia Freitas: Oi, gente… Voltei pra mais uma história, é a história da Pâmela, do Márcio e do Jonas. E quem escreve é o Márcio, e [risos] é uma história que, ai, ai, segura aí, gente, tá complicada aqui a coisa. [risos] 

[trilha]

Bom, eu vou começar falando um pouco da Pâmela. A Pâmela há uns quatro anos teve um namorado chamado Jonas, e que eles ficaram juntos quase oito anos, eles começaram a tipo, namorar com 14, sabe, assim? Esses namoros que duram bastante? E foi até lá seus 22 anos. E assim, acabou porque eles ficaram muito tempo juntos, né, muito novos e foi virando uma amizade, e acabou tudo bem, eles continuaram realmente amigos, inclusive, cursaram a mesma faculdade e vida que segue. Pâmela conheceu Márcio — Foi o Márcio que me escreveu. — e começou a namorar Márcio. Márcio felizão, Pâmela felizona, tudo muito lindo, a história de amor assim perfeita, tudo perfeito, resolveram morar juntos.

E o Márcio, ele tem uma casa que é dele, não é uma casa grande, é uma casa pequena, mas o pai dele era, que acho que já tá aposentado, mestre de obras, então sabe aquela coisa de que, ele comprou um terreno fez umas casas vendeu e com esse dinheiro das casas, ele que tem três filhos, deu uma casa pra cada filho. Então o Márcio ali com seus vinte e poucos anos, já tinha uma casa própria e aí ele foi morar nessa casa junto com a Pâmela, e é praticamente um casamento, né? Mas a casa é do Márcio, ele ganhou do pai antes, inclusive, antes de começar a namorar a Pâmela então ela não tem direito a nada da casa, essas coisas. 

Mas, os dois morando juntos, né? Vida ali de casados. E na área do Márcio, que — Sei lá, vou inventar qualquer coisa aí. — é medicina, — Mas não é medicina… — ele ganhou uma bolsa para estudar nos Estados Unidos, era uma coisa que ele, óbvio, não poderia perder de jeito nenhum e ele foi. Então ele vai ficar no Estados Unidos até o ano que vem e, assim, ele sempre vinha para cá, né, então a cada quatro meses, três vezes por ano ele vinha para cá. E aí às vezes a Pâmela ia pra lá, então ficava assim, e o namoro estava ótimo desse jeito. Aí veio agora, pandemia, Covid-19, Estados Unidos aquele caos, ele não pode voltar porque ele não quer perder a bolsa, ele tá fazendo até um voluntariado lá que isso vai contar pontos depois pra ele na universidade. E… bom, aquela coisa, né, agora eles só conversavam por chat, né? Por FaceTime, e assim, eles se viam na câmera e tal, e como é uma casa que a Pâmela mora, agora ela falou que com a pandemia parece que a rua ficou muito deserta, as pessoas foram pra casa de outros familiares, não sei, e ela ficou com medo…

E ela sempre continuou muito amiga do Jonas, e o Jonas fez essa proposta pra ela, falou: “Olha, onde você mora é perto pro meu trabalho”, ele não parou de trabalhar, ele tem um trabalho essencial também que não parou, e [risos] ele falou assim: “Olha, eu posso dormir aí, você tem o quarto de hóspedes, eu posso dormir aí”, e a Pâmela topou sem antes conversar com o Márcio. E aí um dia ele ligou pra ela, por chat de vídeo, e aí o Jonas estava do lado dela, estavam tipo na cozinha e o Jonas estava lá. E assim, ele sempre soube que eles eram amigos, eles já tinham tido contato assim socialmente, alguma reuniãozinha, alguma coisa, mas nunca sendo o cara lá na casa com ela sozinha, né? E o Márcio tomou aquele susto e falou: “Nossa, oi, Jonas”, né, assim, aí ela falou: “Ai, amor, então eu já ia te falar, o Jonas…” e foi mostrando as coisas assim que eles estavam fazendo, né, pra comer e falou: “Ai, o Jonas veio de mala e cuia, pra ele ficar comigo aqui até acabar esse lance da quarentena porque eu tô com muito medo de ficar sozinha em casa”. — Eu até entendo a Pâmela, mas ela podia ter ido pra casa da mãe dela — O Márcio falou que tinha essa opção, mas a Pâmela não quis.

E aí a Pâmela agora estava morando com Jonas, o ex, [risos] na casa do Márcio. [risos] E aí, o Márcio, gente, lá no Estados Unidos, fazendo trabalho voluntário nem sabe se tá com Covid ou não porque não tem teste, e estava bem naquele começo de não ter teste nenhum, e mesmo ainda hoje eu falei com ele essa semana e ele ainda não fez teste, nem vai fazer porque agora também ele acha que já pegou, já tá assintomático, enfim… E mais essa preocupação, né? Do Jonas, o ex, morando na casa lá com a Pâmela. 

E eis que numa das conversas deles por chat, a Pâmela estava na cama, então pensa assim ó, a Pâmela tá deitada de bruços na cama com o telefone na frente, então ele via meio que a lombada ali da bunda dela e as pernas assim cruzadas, e ela de bruços conversando com ele, deitada na cama. E eles conversando, eis que, [risos] lá atrás, saindo do banheiro da suíte do quarto, ele vê o Jonas passando, tipo, não estava com uma toalha, estava com uma camiseta, mas sabe quando a camiseta acaba aqui na linha embaixo da barriga? E com o pau de fora, sem nada, sem calça, sem cueca, sem nada, passou… — Tipo, passou um pau ali atrás. — E aí na hora ele falou: “Pâmela, o quê que é isso?” e ela virou e viu, porque o Jonas meio que parou assim, ficou ainda, deu aquele frame [risos] no pau, no pau do Jonas [rindo muito]. Pô, se fosse comigo eu ia ficar muito puta, falar: “Pô, agora você ferrou meu namoro, né?”, o quê que ela fez, gente, na hora? Ela desligou o celular, assim, tipo, minimizou, sei lá, desligou, porque ele não ouviu mais nada. 

Então aí que ele ficou na suspeita, eu falei: “Márcio, o pau do Jonas não te levantou suspeita? O que te levantou suspeita foi ela desligar [falando e rindo ao mesmo tempo] o telefone?”, mas, realmente, sei lá, de repente, né… — A gente não sabe o contexto, ok. — Márcio um cara super compreensivo ligou de novo, tipo mil vezes até ela atender, aí ela falou: “Ó, eu acabei de brigar com o Jonas porque ele não pode sair assim do banheiro. O banheiro lá do corredor tá com o chuveiro frio por isso que ele veio tomar banho aqui no meu banheiro”. — Mas o cara estava sem toalha e estava com uma camiseta meio amassada assim… — Não parecia que ele tinha tomado banho o Márcio falou, mas a gente não sabe, tem gente que, sei lá, toma uns banhos de gato aí, né?

E ele falou: “Bom, tudo bem”. — Tudo bem numas, né? — Rapidamente, o que o Márcio fez? Na rua dele ali tem um senhorzinho que é um faz-tudo e era um horário que tipo lá pra ele era mais tarde, mas aqui ainda dava tempo de falar com o senhorzinho. Ele ligou pra ele, ligou para o pai dele pra pegar o telefone desse senhorzinho, ligou pra esse senhorzinho e falou: “Você tem como correr na minha casa agora pra consertar o chuveiro?” e o cara falou: “Tenho, tenho resistência aqui. Você sabe que tipo de chuveiro é?”, ele falou: “Não sei, mas vai lá ver e o que precisar você faz que eu te pago”. Lá se foi o senhorzinho, chegou [risos] lá na porta da casa da Pâmela, e assim, ela conhece ele porque ele já fez vários trabalhos na casa, então não foi assim, “Ah, que chegou um desconhecido querendo mexer no chuveiro”, não, chegou o senhorzinho que sempre cuida de tudo lá.

E a Pâmela não deixou ele entrar, não deixou ele entrar, e ele falou: “Não, eu só vim arrumar o chuveiro”, e ela falou: “Não, mas o Márcio tinha que ter me falado antes, não sei o quê”, e não deixou entrar. — Não deixou entrar… — E aí o que o Márcio tá achando? Que o chuveiro não estava queimado e que por isso que ela não deixou o senhorzinho entrar, e aí ela falou que o próprio Jonas ia consertar o chuveiro, que tinha sido só aquele dia e que ele estava desconfiando dela, que não sei o quê, porque isso, porque aquilo e aí agora ele falou que ligando assim os fatos, uma outra vez que ele ligou também no chat, ela passou rapidamente pelo quarto pra pegar algum papel que ele queria, alguma coisa, e ele viu as duas taças de vinho no quarto. Falei: “Ai, também Jonas, ai… Aí dá uma complicada, né?”, mas ele falou que foi assim rápido e ela passou rápido, acho que ela se ligou também, não sei, e ele ficou meio cabreiro, mas ele falou: “Não sei se eu vi”, porque não é um negócio que é gravado que dava pra ele ver depois, né? Ele viu ali na hora e passou.

E se não fosse agora o pau do Jonas, [risos] ele não ia desconfiar de nada, mas agora ele tá desconfiado. E eu não sei, gente, sinceramente, porque assim, realmente, e se for uma assim uma sequência de fatos infelizes e ela não traiu ele? Tem isso. Mas por outro lado, por todas as evidências e coisinhas, é meio estranho ela chamar o Jonas pra morar lá, né? Enquanto namorado tá lá sem poder voltar, só vai voltar ano que vem, agora não vem nem esporádico assim, não vem nem de três em três meses, de quatro em quatro meses, não vem. E aí o Jonas vai ficar morando lá até quando? E aí eu falei pra ele assim: “Você falou pra ela que te incomoda o Jonas morando lá?”, ele falou: “Ah, eu não falei porque eu não quero, eu não quero ser esses caras que ficam mandando”, mas não é essa questão, né? Tipo, a casa dele, ela tá lá com o Jonas, de repente, ele podia falar pra ela ir ficar na casa da mãe dela.

Mas tem aquela coisa também, né? Ela pode ir pra casa da mãe, se ela tiver tendo alguma coisa com o Jonas, ela pode continuar tendo. Gente, chifre é um negócio que não tem como a gente evitar, uma hora ele vem, uma hora ele coça e uma hora ele vai embora. Então, ele não sabe o que fazer e ela jura de pé junto que não, que o Jonas é só amigo dela, né? E, eu, [risos] sinceramente, eu não sei. Porque assim, ele escrevendo o jeito que o Jonas saiu do banheiro, parecia que ele estava assim, relaxadão, e que sei lá o que tinha acontecido que ele estava pelado, só de camiseta, botou a camiseta, sabe? Não sabe também se o Jonas fez de propósito pra, de repente, terminar o relacionamento deles. 

E, gente, não sei, [risos] aí tem agora, tem isso, tem o pau do Jonas aí no meio da história e tem que decidir, ele tem que ver o que ele vai fazer e como que ele vai falar isso sem magoar a Pâmela, mas ele já tá extremamente magoado, né? Com o pau do Jonas. [risos] Então gente, dá uma luz aí pro Márcio, já falei pra ele que ninguém tem dó de corno, mas que a gente vai ser muito gentil com ele no nosso chat lá do Telegram, quem não tá lá corre lá, é só colocar na busca do Telegram “Não Inviabilize”, que você acha. 

E é isso, força Márcio, isso passa, isso coça e passa [risos]. Ai, não sei também, de repente a Pâmela tá, é tudo verdade, não sei, eu tô muito em dúvida. Sinceramente, eu acho que pode ser que a Pâmela esteja falando a verdade, que o Jonas é um amigo que fica andando na casa de pau de fora, tem isso. Então, gente, deixa lá uma palavrinha de afeto e uns conselhos para o Márcio. Um beijo e até daqui a pouco.

[vinheta] Quer a sua história contada aqui? Escreva para naoinviabilize@gmail.com. Picolé de Limão é mais um quadro do canal Não Inviabilize. [vinheta]

banho minha gente como é que pode o caba andando pelado em casa, pamela proibindo o véio de consertar o chuveiro e marcio ainda acha que não tem coisa aí? omiiii abre o olho

banho acabei de ouvir e tô em choque com o Marcio.
Em tempo: vi aqui que no apoia-se tem o desfecho de alguns episódios. Confere?

banho Ninguém tem dó de quem?

banho idéia pra imã: “Isso coça, isso passa” hahahaahha

banho to ouvindo a história e peguei ranço da Pâmela por ter colocado o Jonas na casa do Márcio sem consulta-lo. Isso vai render muita confusão

Banho
Eu literalmente fiquei tão repentinamente e intensamente boquiaberta com essa história que acho que dei algum mal jeito. Tô até com dor de cabeça (tal qual Jonas, que deve estar carregando na cabeça um certo apetrecho).
Eu queria ter essa temperança na vida.

banho eu só penso na frase “ninguem tem dó de corno”

banho genteeeee algo de errado não está certo.

banho e #banho2 Márcio, pena vc ter passado por isso, mas já dava para saber esse desfecho, não tinha outra possibilidade, o cara andando pelado na sua casa?! E muita sacanagem da moça, não seria amigo nunca.

Banho eu ouvi essa história e tô chocada com a cara de pau da mina de levar o ex pra morar na casa do atual kkk as pessoas não tem um pingo de noção

banho :rage::rage::rage::rage:

banho alguém me diz que o Marcio mandou a Pamela sair da casa dele com o Jonas. Kkkkkk gente, que absurdoooo!!!

Acabei de ouvir o desfecho de banho sinceramente… :woozy_face:

banho oh marcio kkkkk tem coisa que a gente sabe mas nao quer acreditar né :woozy_face:

banho meu Deus, que ODIOOOOO! Eu tenho ódio de gente folgada. Como que seu namorado ta fora e vc enfia seu ex na casa dele?? Márcio, eu espero que vc tenha largado a Pâmela viu, ninguém merece isso

banho
gente, acabei de ouvir esse episódio que achei perdido láaaa do começo da pandemia e estou em choque. Fofoca pela metade quase mata fofoqueira. Qual será que foi o fim dessa história?

banho marcio não sei se ela te traiu mas esse cara não pode ficar na tua casa ne? Espero que tenha dado tudo certo

banho espero que o Márcio tenha terminado com a Pamela e botado ela pra fora da casa dele

Estou maratonando o podcast estou no episódio banho… ansioso para chegar no da “lumbriga” principalmente para ver em #Libras